sábado, fevereiro 21, 2009

Privatização já!

Tomar banho, sinceramente, é um dos meus hobbies. Mesmo no calor, adoro tomar um bom banho de água morna, o cheirinho de sabonete fica mais forte e a água morna relaxa, nos deixa leve, é uma tranqüilidade só. Já chegando ao final do banho, gosto de desligar o chuveiro e deixar cair aquela água gelada deliciosa que acaba com toda a tranqüilidade do meu delicioso banho morno e faz o coração bater mais forte, a respiração ficar mais intensa. Podem me chamar de maluco, mas eu gosto.

Nos últimos dias, Aracaju vem enfrentando sérios problemas com seu sistema de abastecimento de água. A situação está tão feia que até um sistema de rodízio na distribuição precisou ser implantado. Pra falar a verdade, eu nunca gostei do abastecimento de água aqui onde moro (Atalaia). A água chega sem força e o abastecimento é interrompido inúmeras vezes. Eu até que não tenho tido problemas aqui em casa, visto que o sistema da Atalaia não está fazendo parte do rodízio, mas os lugares onde freqüento fazem. Me dá impaciência só de pensar em ficar sem água em casa. Não consigo. Posso ficar sem telefone, sem luz, mas não sem água.

Na 13 de julho, vários prédios e empresas estão adquirindo água em caminhões-pipa. A maioria desses, não fornece água com o mínimo de qualidade exigida para o consumo, mas, é o jeito que as pessoas acharam para contornar o problema.

Certa vez, revoltado com o problema no abastecimento de água no meu bairro, mandei um e-mail para a ANA. Conhece a Ana? A ANA é a Agência Nacional da Água. Na ocasião, havia pensado ser uma Agência como a ANP, ANAC ou ANATEL. Não era. Eles recomendaram que eu fizesse minhas reclamações diretamente ao serviço de abastecimento. Eu desisti. Desisti porque não sou o primeiro a me revoltar e não serei o último. A DESO não vai melhorar. Não acredito nessa melhoria. A DESO é uma empresa de economia mista, criada em 69. Tem como seu principal acionista o Governo de Sergipe, com 99% das ações e, em minha opinião, deixa muito a desejar.

Podem me achar radical, mas, no caso da DESO, sou totalmente a favor da privatização. Acho que o Estado é mais competente para cobrar do que para gerenciar. A Estado deixaria de ser cobrado pelos problemas no abastecimento e passaria a cobrar, através de uma Agência Reguladora que multaria a empresa toda vez que esta faltasse com as cláusulas do contrato de abastecimento. Como já diria Julinho Porradão – o filósofo – “Se não guenta, pra que veio, meu brother?”

4 comentários:

Ah... disse...

Totalmente de acordo, Fiel. Muito embora aqui coubesse um longo comentário sobre os seus igualmente longos banhos e a utilização racional dos recursos hídricos. Haehueuhaehueahuea

Privatizar seria uma boa mesmo, até pra ver se diminuíam os "eu pago imposto, eu quero meus direitos" no SETV... hehehehe

Quanto ao racionamento, não há ainda como controlar as chuvas, né... o rio Poxim não dá conta sem chuva. Estamos no Nordeste, meu querido, se a água já anda difícil em outros lugares, aqui então...
=***********

Caró disse...

pensei q Ana fosse minha prima :$

Rodrigo 'Bradox' disse...

Bem, eu ouvi falar que esse papo de falta d'agua é tudo mentira, que na verdade foi tudo planejado. Aí eu fiquei me perguntado o motivo disso ter sido premeditado e ontem, assistindo a TV, vi a propaganda do Governo de Sergipe promovendo a construção de uma represa, sendo que eles já tem todo o projeto e até data de entrega, pra mim isso tudo agora faz sentido, ou seja, eles estavam apenas preparando o terreno para promover uma grande obra e contratar a empresa que bem entenderem, até pq, em casos de calamidade pública, não precisa-se de licitação, eles simplesmente podem contratar a empresa que bem entenderem.

Tio Lillo disse...

concordo e a Atalaia já está sem água tb. Ontem n tinha água a noite.
Se pelo menos a conta viesse menor...