quinta-feira, fevereiro 19, 2009

SETV

Hoje resolvi assistir ao SETV primeira edição. Para ser sincero, os telejornais não me empolgam mais. Prefiro ler as notícias on-line, mas tenho escutado vários comentários sobre coisas “sem noção” acontecendo no telejornal do almoço, aquele que na faculdade ouvi dizer ser o mais light por se tratar de um telejornal exibido em horário do almoço.

Ouvi dizer também que o apresentador é como parte da família, pois enquanto o jornal está sendo exibido, ele está ali dentro, almoçando com a família. Por isso, o jornal deve ser preparado com respeito e cautela. Infelizmente, não é o que tenho visto. Percebi um pouco de agressividade em algumas entrevistas, sem contar que hoje fui surpreendido com um baita close numa fossa estourada na Av. Osvaldo Aranha. Eu sei que o problema precisa ser mostrado, talvez o pessoal nem tenha olhado com esses olhos, mas quando fui almoçar o meu feijãozinho preto, a imagem da fossa estourada não saiu da minha cabeça e fiquei sem fome. Mesmo que fosse do marrom...

Mais uma vez, estava conversando com a minha grande amiga Amanda, um desperdício da comunicação, e discutíamos sobre um comentário feito durante o mesmo jornal. Na hora de falar sobre os cuidados na exposição ao sol, a apresentadora falou que os dermatologistas recomendam a uma pessoa “morena média” que fique por no máximo 3 horas no sol, utilizando bloqueador solar fator 15. Aí vem a pergunta: O que vem a ser uma “morena média”? A média é a soma dos extremos dividida por dois. Quais são os extremos? Eu e o Mussum? Amanda e o Pelé? Eu estou na categoria dos brancos ou na dos transparentes? Haja relatividade pro meu gosto...

3 comentários:

Ah... disse...

Alex, você está na categoria dos que que segundo o SETV, jamais podem sair de casa, porque todo dia o índice é considerado intenso ou muito alto, nunca esteve menos que isso...
É hora de fazer o Drácula e só sair depois do pôr-do-sol.
=**********

Ah, anote aí, o SETV me envergonha.

Jornalista Grace Melo disse...

É tão raro eu assitir aos telejornais, mesmo porque agente vai apenas constatar com imagens o que já lemos bem mais cedo na internet. E com imagens macabras as vezes. Olha o artigo que publiquei no observatório da imprensa sobre esse assunto:

http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/artigos.asp?cod=427FDS006

Brigadão pela visita Alex. Grande abraço!

Tio Lillo disse...

Na verdade nem assisto mais tv aberta. Só assisto o que me interessa na tv a cabo. As notícias que leio sao on-line. N tenho nenhuma vontade de assistir jornal na hora do almoço. na verdade assito ou leio na hora que quero/posso.
Mas sobre exposiç~ao ao sol, vamos tentar seguir conselho ¨use filtro solar¨, independente da cor da pele. Queria saber quem é que ficou no sol cronometrando a exposiçao solar na pele? para saber que só pode ficar 3 horas.