terça-feira, setembro 23, 2008

Proibição

Apreensão, com uma única palavra eu consigo resumir as sensações que rondam a minha mente esses dias. Como é emocionante estar perto de realizar um sonho. Assim estou eu, aguardando um telefonema, um e-mail, um telegrama. Esse contato é o início de tudo, por isso tamanha apreensão. Mas não vou ficar falando muito nisso aqui, deixa o tempo dar minhas respostas sobre isso. Vamos falar de coisa ruim.

Sinceramente, confesso que tento sentir a euforia das eleições, a empolgação, a esperança de ver melhorias na minha querida cidade. Infelizmente, esses dias pré-eleição só me irritam, cada vez mais. Hoje eu estava no apê da namorada, estávamos estudando para concurso quando começou a barulheira. Os carros de dois candidatos ficaram contornando uma rótula sem parar, tocando jingles repetitivos na maior das alturas e isso me irritou bastante. Parecia o Precaju.
Esse tipo de coisa deveria ser proibido, não entendo porque ainda não aboliram esta prática irritante.

2 comentários:

Sandra Manga disse...

Os carros de dois candidatos ficaram contornando uma rótula sem parar, tocando jingles repetitivos na maior das alturas e isso me irritou bastante. Parecia o Precaju.
Esse tipo de coisa deveria ser proibido, não entendo porque ainda não aboliram esta prática irritante.

Aqui em SP não pode!
Logo menos será assim...relaxe!

Armando Maynard disse...

Os candidatos coitados, seguem a risca a orientação dos "marqueteiros" e terminam muitas vezes, fazendo com que o tiro saia pela culatra,no lugar de angariar votos, perdem...Um abraço,Armando(lygiaprudente.blogspot.com)