segunda-feira, setembro 01, 2008

O Nevoeiro

Se eu não tivesse ganhado o ingresso eu não teria rido tanto. Sempre tive uma forte admiração pelo Stephen King, mas este filme, para mim, chegou perto de ser classificado como “lixo”. Cenas mal feitas, tosquices, gritos engraçados e uma trilha sonora paupérrima caracterizaram este que deve ter sido um dos maiores fracassos da indústria Hollywoodiana. O filme foi uma decepção quase completa, a não ser pelo final. Um dos mais engraçados que eu já vi em toda a minha vida. Eu tenho adoração por humor negro, e este filme soube fazer isso muito bem. Por mais que a atitude final tenha sido forçada ao extremo, eu tive um ataque de risos incontrolável, saí cambaleando sem conseguir me equilibrar, sem conseguir parar de rir. Na verdade, eu não estava conseguindo nem mesmo respirar, de tão engraçado que foi o final. E eu olhava as atendentes do cinema olhando com aquela cara de mormaço, é como se estivessem sentindo um enorme dó pelo desnecessário gasto de dinheiro das pessoas presentes naquela sala. E ao olhar para elas, lembrava que eu ganhei os ingressos e meu ataque de risos voltava a todo vapor. Vou plagiar um comentário que li numa crítica sobre o filme.

O pior: O final
O melhor: O final

Genial

Um comentário:

Amanda disse...

Hehehehe não vi não... depois de "1408", acho que cansei de Stephen King.
=*******