quinta-feira, outubro 16, 2008

Séries e mais séries...




Estive bem ocupado esses dias, na verdade, além de ocupado, estava sem paciência para atualizar este blog. Mesmo assim, enquanto realizava outras atividades, pensava sobre o que poderia escrever aqui.


Mad Men

Estou fazendo um bico, traduzindo alguns textos de uma empresa. Está sendo ótimo porque além do dinheiro eu ainda melhoro no Inglês. Traduzir é legal, por outro lado, cansa muito. É um trabalho mental enorme, pelo menos para mim, que ainda estou aprendendo inglês. Para dar uma relaxada após ficar várias horas seguidas traduzindo textos, continuei assistindo às minhas séries favoritas. Resolvi também baixar algumas séries diferentes. Li no blog Séries e etc. que uma das séries mais premiadas foi a Mad Men, então, eu resolvi baixar. Achei a série interessante, vi até o terceiro episódio da primeira temporada. Para falar a verdade, eu nem sei em qual está. O estilo “de época” é legal, os personagens e até o contexto, mas eu sinceramente acho que a série poderia ser muito melhor.

Parênteses, a Internet é dinâmica e aproveitando este dinamismo, resolvi dar uma rápida olhada na comunidade da série no Orkut para saber como era. Logo na descrição já estão dizendo que a série está na segunda temporada.

Voltando ao assunto, eu sei que existem muitas histórias sensacionais no mundo da publicidade e estas histórias poderiam ser abordadas na série. De qualquer forma, classifico Mad Men como uma série “assistível”.


True Blood

Ao acessar o site onde baixo legendas, vi os links para legendas de algumas séries e resolvi testar algumas delas. Uma delas foi a True Blood, série esta que eu não recomendo a ninguém. Foi um dos downloads mais inúteis que eu já fiz. A série fala sobre a criação de uma bebida a base de sangue sintético, se não me engano, criada por japoneses ou chineses. Após terem criado esta bebida, os vampiros passaram a viver normalmente, sem a necessidade de esconderem-se. Eu até gosto de histórias de vampiros, tive a minha época de “RPGista” e joguei muito Vampire. O problema é que a série não me chamou a atenção. Mesmo assim, acho que vou baixar o segundo episódio para ter certeza do que penso.


Knight Rider 2008

Quando era pequeno, era viciado em Super Máquina. Assistia sempre, tinha o carrinho de brinquedo, o caminhão e, se me lembro bem, até o bonequinho do Michael. Misturava com os “Comandos em ação”. Faz muito tempo que a primeira versão da série saiu do ar, mas, se não me engano, a série segue o mesmo estilo da versão antiga. Não há uma continuidade, cada episódio é um novo episódio, a pessoa pode assistir um episódio ao acaso sem que hajam muitos problemas para o entendimento. Uma das mudanças boas da série é a utilização da tecnologia e dos efeitos especiais.


Fringe

Eu estou gostando muito de Fringe. É sobre ficção científica e até agora eu estou empolgado para acompanhar todos os capítulos. Estou atrasado duas semanas, não nos downloads, mas em assistir mesmo. Estou aguardando para ver com a Carolina quando o trabalho de tradução terminar. Esta é a única série que ela demonstrou algum interesse de assistir. Já eu, não acompanho menos de cinco séries.


Prison Break

A série está sensacional, mas pelo que li na EZTV, está em pausa até o dia 20 de outubro. Uma semana só, não faz mal a ninguém. E do jeito que vai a série, vale a pena esperar.


Heroes

No começo desta terceira temporada eu estava meio desanimado, achei o primeiro episódio meio enrolado, sem graça, mas a série deu uma esquentada. Achei interessante a virada de casaca do Sylar. A cena dele vestido com um avental na cozinha preparando o café da manhã do filho foi impagável. Eu gosto de Heroes, mas estou achando a série muito instável esses dias.


Dexter

Fica até difícil de falar sobre esta série que, definitivamente, é demais. Sempre assisti, desde o primeiro capítulo e a série nunca entrou em decadência, fica melhor a cada episódio. Os pensamentos do Dexter, as sacadas do personagem são sensacionais. No episódio desta semana, Rita ficou espantada ao ver que o Dexter fez a lista de compras em ordem alfabética. Quem já leu alguma coisa sobre serial killers de verdade sabe o quanto Dexter é genial. Li “Serial Killer – Louco ou cruel?”, da Ylana Casoy. O livro é muito bom e apresenta um pouco sobre esse mundo bizarro dos serial killers. Quero ler o “Serial Killers – Made in Brasil”.

Um comentário:

Amanda disse...

AAAai, Alex... você e suas séries!
Eu não vejo nenhuma!

Bjo